Quem vamos ouvir hoje?

José Pereira Alves, Presidente da PricewaterhouseCoopers (PwC)

Nota:  passou para as 15h, em virtude de um cancelamento de outra audição.

Por que é que a PwC vai ser ouvida?

1. Foi auditora do BES e de outras sociedades do GES (como a Espírito Santo financial group) até 2001. Há relatórios dessa data que já alertam para problemas no grupo, nomeadamente com offshores (ver aqui).

2. Foi responsável pela avaliação efetuada ao BES no âmbito do ETRICC2 (é um exercício de avaliação das carteiras de crédito dos bancos que o Banco de Portugal pôs em marcha em setembro de 2013 e que descobriu pela primeira vez os problemas financeiros da ESI).

3. Foi responsável pela auditoria ao esquema das obrigações que envolveu a Eurofin, e que precipitou a queda do banco (ver aqui).

4. Esta a elaborar a auditoria forense ao BES, embora ainda não tenhamos nenhuma notícia oficial sobre os seus resultados.

5. Fez a auditoria aos investimentos da PT na Rioforte que custaram à primeira quase 900 milhões de euros (síntese aqui).

A título de curiosidade, é também a auditora da Semapa, a empresa de Pedro Queiroz Pereira.

Anúncios