Sobre

Nos últimos anos fomos forçados a ser especialistas em bancos. Termos como bail-in, resolução bancária, haircut, CoCo’s, ou side-bank vão passando a fazer parte do nosso vocabulário, à medida que os Estados são chamados e lidar com (e a pagar por) mais uma crise bancária. Depois do BES,  o princípio deste blogue mantém-se: acompanhar a comissão do BANIF em português que se entenda. Se no fim disto tudo, mais 2 ou 3 pessoas ficarem a perceber o que se passou, quem decidiu o quê e como, quanto e porque estamos a pagar, então já terá valido a pena.

10 thoughts on “Sobre

  1. Boa tarde,

    tenho acompanhado com atenção os trabalhos da comissão de inquérito e julgo que ao criar este blogue presta um bom serviço a quem quer decifrar com precisão os contornos de tudo o que tem sido dito e contado nessa comissão.

    Gostar

  2. Muito bem ! E que tal se desse uma ideia de o é que se irá fazer para acabar com a impunidade
    disto tudo.Não só da questão do BES ,mas mesmo disto tudo! Porque ,convenhamos, penso que o Sr. Amorim é que foi e é realmente o dono disto tudo, e o sr. Salgado é mais ou menos
    uma espécie de gestor de conta, o banqueiro ,é na verdade o sr Amorim.

    Gostar

  3. Excelente iniciativa!

    Defendo a criação de outros blog’s, igualmente isentos e documentados, para debater outras matérias que, por incompreensível pareça, continuam confusas nas cabeças de muitos portugueses. Falo por exemplo, da criação de um blog acerca do próprio comunismo/socialismo, e dos cem milhões de mortes que provocou – mais do que as duas Grandes Guerras juntas -, facto, amiúde documentado e a todos acessível através de uma busca rápida na internet, mas que, estranhamente, caiu no esquecimento geral; O esclarecimento cabal dos portugueses quanto às consequências práticas e imediatas da adopção do modelo comunista que, por todo o mundo em que foi aplicado, não trouxe senão miséria ao povo, repressão e altíssimas taxas de corrupção, seria portanto, honesto informá-los.
    Outra sugestão de blog, neste modelo – sério e isento -, seria acerca da religião, incluindo a religião católica, devidamente documentado – com o que sobrou entre os milhares de documentos destruídos pela própria Instituição-, a denunciar os milhões mortes horrendas de inocentes, causadas em nome de um Deus que a ciência veio, a muito custo, provar não existir e, cujo Chefe se passeia com um ar doce, como se não fosse ele o responsável máximo por esses crimes que continuam por expiar e que ainda vem balizar os limites da liberdade de expressão, usando a infeliz metáfora de que, se alguém insultasse a sua mãe, levaria logo um soco (em que mundo vivemos!).
    No fundo, a criação de blog’s que, pelo menos, informassem devidamente as pessoas, das verdadeiras agendas dos partidos em que votam e, sendo elas pessoas religiosas, as informassem das verdadeiras origens e história das respectivas religiões.
    Parabéns pelo Blog, é um bom princípio.
    José.

    Liked by 1 person

  4. Cara Mariana, voce fara’ parte do meu futuro Governo de Emergencia Nacional. A data e’ incerta visto que a recuperacao da nossa soberania econo’mica, financeira e poli’tica nao passa pelas urnas. Um Regime e’ diferente de um fruto numa a’rvore. Quando apodrece, nao cai de livre vontade.

    Lusitania Vivit!

    Melhores cumprimentos,
    HG

    Gostar

  5. Olá Mariana, tenho 34 anos e nunca votei porque nunca me revi em nenhum dos politicos que passaram pela assembleia. Contudo, a Mariana tem dado uma lufada de ar fresco à politica portuguesa e é isso que os portugueses esperam. Este ano em o meu voto!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s